BEM VINDOS A MINHA HUMILDE RESIDENCIA



quinta-feira, 26 de julho de 2012

AMIZADE

Era uma vez... Era uma vez uma ilha onde moravam todos os sentimentos: A alegria, A tristeza, A sabedoria, A amizade, e outros. Um dia comunicaram aos moradores que esta ilha seria inundada. Apavorada a AMIZADE cuidou para que todos os sentimentos se salvassem. Ela disse: - Fujam! A ilha será inundada!!!!! Todos correram e pegaram os barquinhos para chegarem ao mais alto dos montes. Somente a AMIZADE não se apressou. Ela queria ficar um pouco mais na ilha. Quando já estava quase se afogando, apressou-se em pedir ajuda. Estava vindo a RIQUEZA e ela disse: - RIQUEZA, me leva junto com você? - Não posso, estou ocupada apreciando o meu barco novo. Então passou a TRISTEZA e a amizade disse: - TRISTEZA, posso ir com você? - Ah! AMIZADE, estou tão triste que prefiro ir sozinha. Passou a ALEGRIA, mas a alegria estava tão alegre por ter conseguido um barquinho que nem ouviu o chamado da amizade. Já desesperada e achando que iria ficar só, a AMIZADE começou a chorar. Então surgiu um barquinho humilde com um velhinho fraterno e de semblante carinhosos que lhe disse: - Sobe, AMIZADE, que te levo. A AMIZADE sentiu uma felicidade imensa que até esqueceu de perguntar o nome do velhinho. Chegando no alto do monte ela perguntou a SABEDORIA: Sabedoria, quem era o velhinho que me trouxe até aqui? E a SABEDORIA respondeu: - É o TEMPO. - Mas porque o TEMPO me trouxe até aqui? - Porque só o TEMPO é capaz de entender e cultivar uma grande AMIZADE.